ANCR-Associação Nacional do Cavalo de Rédeas
Notícias

Derby ANCR 2021: cavalos e cavaleiros voltam à pista

Se faltou calor humano, sobrou emoção. Essa é a melhor definição do resultado do Derby ANCR 2021, realizado entre os dias 15 e 19 de junho na cidade de Avaré, interior de São Paulo. Além do Derby, a programação contou com a Copa Cardinal Ranch, Pré-Futurity Tripol Ranch, e ainda a premiação dos Melhores do Ano e Hall da Fama.

O campeonato foi promovido em formato “LIVE” - SEM PRESENÇA DE PÚBLICO. Cavaleiros e equipe técnica mantiveram o protocolo exigido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo estado de São Paulo, a fim de conter a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19).

A grande novidade desta edição foi a ampliação na idade hípica dos cavalos participantes, passando a idade limite para 7 anos, ou seja, puderam participar das provas animais de 4, 5, 6 e 7 anos hípicos.

As provas tiveram início na sexta-feira (18) e seguiram até o sábado (19) com a participação de dezenas de competidores de diversas partes do Brasil.

Ao todo foram distribuídos mais de R$ 200 mil em prêmios, dentre premiação em dinheiro, coberturas e prêmios fornecidos pelos patrocinadores. “Essa é a maior premiação de Derby da história da Rédeas até hoje”, comemorou o Presidente da ANCR, Francisco Moura.

Confira, a seguir, os campeões:

DERBY

Aberta Nível 4

Na Aberta N4, o grande campeão foi Marcelo Almeida. Ele apresentou Shine Gotta Lady, marcou nota 226,5 e voltou para casa com mais esse importante título. Em 2º lugar ficou Jone Carlos da Silva com Country Hit, que mereceu nota 224,5. O terceiro lugar foi ocupado por João Felipe Lacerda, que montou Kid Did It Again e recebeu dos juízes nota 223,5.

Aberta Nível 3

Na Aberta N3 o 1º lugar ficou para Maximiliano da Silva Conceição, que apresentou Snowboard Dunit QR e deixou a pista com nota 217,5. O 2º lugar foi para Thiago Fernandes Santana, que montou Katie Be Chaplin SWR e recebeu nota 217. Já o 3º lugar ficou para Matheus Gabriel S. de Oliveira, que apresentou Rock In Hollywood e terminou a prova com nota 216,5.

Aberta Nível 2

O campeão da Aberta N2 foi Thiago Fernandes Santana, que apresentou Katie Be Chaplin SWR e mereceu nota 217. O 2º lugar foi ocupado por Matheus Gabriel S. de Oliveira, que apresentou Rock In Hollywood e deixou a pista com nota 216,5. Já o 3º lugar ficou para Jean Carlos Silva, que montou Galactic Tag e recebeu nota 216.

Aberta Master

A Aberta Master teve como campeão Evandro de Oliveira, que montou Zipora Whiz e recebeu nota 215.

Amador Nível 4

Na Amador N4, o 1º lugar ficou para Fernando Cervelati Botteon, que apresentou My Lucky Gun e mereceu nota 217,5. O 2º lugar ficou para Pedro Mendes de Brito, que montou Country Hit e recebeu nota 216. Já o 3º lugar foi ocupado por Giovanna Diniz, que apresentou Hollywood Smokingun e deixou a pista com nota 215.

Amador Nível 3

Na Amador N3, o 1º lugar ficou para Pedro Mendes de Brito com Country Hit, cuja apresentação mereceu nota 216. O 2º lugar teve como co-campeões Luiz Marques com Spin Little Step, e Maria Luiza Michelin Fagundes com Boonlight Boy. Ambos os conjuntos finalizaram a prova com nota 214.

Amador Nível 2

Na Amador N2, o 1º lugar ficou para Pedro Mendes de Brito com Country Hit, cuja apresentação mereceu nota 216. O 2º lugar foi ocupado por Maria Luiza Michelin Fagundes com Boonlight Boy, que terminou a prova com nota 214. Já o 3º lugar ficou para Ennzo Basso Franklin Perrella com Fortuna Marca Dos Santos, que recebeu nota 213.

Amador Master

Na Amador Master, o 1º lugar ficou para José Henrique do Amaral com Esdras Face Buck, que deixou a pista com 204,5. O 2º lugar teve como co-campeões Luís Omar de Q. Barboza com Gunna Be Voodoo, e João Carlos Barros Batistella com Sugarbabegirl. Ambos conjuntos terminaram a prova com nota 203.

PRÉ-FUTURITY

Aberta Nível 4

Na Aberta N4, o 1º lugar ficou para Jone Carlos da Silva com Big Play Hollygun QR, cuja apresentação mereceu nota 219,5. O 2º lugar teve como co-campeões Jone Carlos da Silva com Not Shoot, e João Felipe Lacerda com Pretty Voodoo Gun, que receberam nota 217.

Aberta Nível 3

Na Aberta N3, o 1º lugar ficou para Marcos Antônio da Silva Jr com Halfface Hollygun QR, que terminou a prova com nota 215. O 2º lugar ficou para Matheus Gabriel S. de Oliveira com So Much Again Step, que mereceu nota 214. O 3º lugar ficou para Luis de Souza com Done Quistador Dunit, que recebeu nota 212.

Aberta Nível 2

Na Aberta N2, o 1º lugar foi ocupado por Marcos Antônio da Silva Jr, que apresentou Halfface Hollygun QR e mereceu nota 215. O 2º lugar ficou para Matheus Gabriel S. de Oliveira, que recebeu nota 214. Já o 3º lugar ficou para Lucas Juan Maciel com Cristal Brudder Chex, que alcançou nota 211,5.

Aberta Master

Na Aberta Master, o 1º lugar ficou par Nelson Rodrigues, que montou Spin Like A Chic e deixou a pista com nota 209.

Amador

Na Amador, o 1º lugar ficou para Giovanna Diniz com Amos Shine Gun, cuja apresentação mereceu nota 213,5. O 2º lugar ficou para Amithys Sampaio Joffily Giacomitti com Legend Cody BK, recebeu nota 209,5. Já o 3º lugar ficou para Bernardo Almeida dos Anjos Silva com The Best Tag Dan, que mereceu nota 206.

Principiante Aberta

O 1º lugar da Principiante Aberta foi de Rafael Balerini com Rialex Top Line e também com Rialex Cristal Whiz. Ambos conjuntos terminaram a prova com nota 209,5. O 3º lugar foi ocupado por Rodrigo Estevan Ramos com Million Chex Gun, que recebeu nota 208,5.

Principiante Amador

No Principiante Amador, o 1° lugar ficou com Gabriel Cordeiro Martins e Craque Marca dos Santos, com nota 217. Thiago Esteves de Oliveira Cesar montou Deam Whiz Buck e alcançou a nota 213. Já o 3° lugar ficou com Eduardo Verissimo Barbieri e Sugar Question Cody com nota 210.

 

Jovem 15

Na categoria Jovem 15 o 1º lugar ficou para Valentina Cipolla Lunardini com Good Reminic HS, cuja apresentação mereceu nota 70,5. O 2º lugar teve como co-campeões Ana Theresa Freitas Mendes com Handfull Hollygun QR,  que também alcançou nota 70 montando World Hot Whiz QR.

 

Jovem 13

No Jovem 13, o 1° lugar ficou com Ana Theresa Freitas Mendes, que alcançou a nota 70 com dois animais, Handfull Hollygun QR e World Hot Whiz QR. O 3° lugar ficou com Maria Luisa Fruet, que alcançou a nota 69 com Elwood Spook Thing.

 

Jovem 10

Na Jovem 10, o 1º lugar ficou para Rafael Christians com No Tears Rooster, que mereceu nota 69,5. O 2º lugar ficou para Isabela Prestes Tizao com Que Rubia Marruá, que alcançou nota 66,5. O 3º lugar ficou para Mateus Fumero com Royal Cat Dunit BK, que obteve nota 64,5.

COPA CARDINAL

Aberta Nível 4

Na Aberta N4 o título de campeão ficou para Paulo Koury Neto no comando de Casual Great Whiz, que alcançou nota 218,5. O 2º lugar ficou para Jonathan Cândido de Oliveira com A Son Ofa Gunner, que recebeu nota 215. Já o 3º lugar foi ocupado por Gilson Vieira Diniz Filho, que apresentou Flap Cielo Melodys e mereceu nota 214.

Aberta Nível 3

Na Aberta N3, a vitória foi de Jonathan Cândido de Oliveira com A Son Ofa Gunner, que terminou a disputa com nota 215. O 2º lugar ficou para Jacques Rodrigues Junior com Danny Boy Dunnit, que obteve nota 205. O 3º lugar foi ocupado por Demetrius Jean Kotrozinis, que apresentou Shesa Legends Whiz e alcançou nota 200.

Aberta Nível 2

Na Aberta N2, o 1º lugar ficou para Jonathan Cândido de Oliveira com A Son Of a Gunner, que mereceu nota 215. Já o 2º lugar ficou para Jacques Rodrigues Junior com Danny Boy Dunnit, que obteve nota 205.

Amador Nível 4

Na Amador N4, o 1º lugar ficou para Jonathan Cândido de Oliveira com Casual Great Whiz, cuja apresentação mereceu nota 218. O 2º lugar ficou para Gabriel Cordeiro Martins com Craque Marca dos Santos, que recebeu nota 214,5. O 3º lugar ficou para Jacques Rodrigues Junior com Danny Boy Dunnit, que terminou a prova com nota 209,5.

Amador Nível 3

Na Amador N3, o 1º lugar foi ocupado por Gabriel Cordeiro Martins com Craque Marca dos Santos, que alcançou nota 214,5. O 2º lugar ficou para Jacques Rodrigues Junior com Danny Boy Dunnit, que obteve nota 209,5. O 3º lugar ficou para Marcos Tancini Mingrone com Makin Little Step, que deixou a pista com nota 204.

Amador Nível 2

Na Amador N2, o 1º lugar ficou para Gabriel Cordeiro Martins com Craque Marca dos Santos, cuja apresentação mereceu nota 214,5. O 2º lugar ficou para Jacques Rodrigues Junior com Danny Boy Dunnit, que recebeu nota 209,5. O 3º lugar ficou para Astrid Annas com Herdeira da Rio Bonito, que obteve nota 199.

Amador Master

Na Amador Master, o 1º lugar ficou para Marcos Tancini Mingrone com Makin Little Step, que obteve nota 204. O 2º lugar ficou para Luís Omar de Q. Barboza, que apresentou Talento Do Trinta E Oito e mereceu nota 199. O 3º lugar ficou para Paul Gustav Schossig com Lilly Jac Whiz, que deixou a pista com nota 165,5.

Para conferir os resultados completos, acesse o site da ANCR: www.ancr.org.br.

Melhores do Ano e Hall da Fama

Na quinta-feira (17), às 20 horas, foram premiados e homenageados ainda os Melhores do Ano e Hall da Fama ANCR – um reconhecimento aos cavaleiros, amazonas, criadores e animais que foram destaque na modalidade na temporada 2019/2020.

Com transmissão ao vivo pela plataforma Ride 2 Play, a cerimônia restrita aos premiados também foi realizada seguindo os protocolos de distanciamento e demais regras sanitárias. A apresentação esteve a cargo da jornalista Fernanda Camargo e a Direção foi da Jequitibá Comunicação Estratégica.

Se não houve o calor humano, sobrou emoção. O programa contou com a abertura do Presidente da ANCR, Francisco Moura, entrega de troféus e vídeos com a história e depoimentos sobre os homenageados.

Moura ressaltou que o evento sem público, embora não tenha sido o ideal, foi a melhor maneira encontrada para prestigiar cavalos, cavaleiros e criadores que se destacaram no ano e os que foram eternizados no Hall da Fama.

Na Categoria Melhor Cavaleiro Aberta, Marcelo Almeida da Silva foi o ganhador, seguido de Giovanna Lima Diniz, que faturou o prêmio na categoria Melhor Cavaleiro Amador.

O garanhão GSP Was Your Johnny levou as premiações de Melhor Animal Aberta e Cavalo do Ano. Já Fantástico Voodoo MV ficou com o título de Melhor Animal Amador.

O prêmio de Melhor Criador Geral foi para André Sanches Tripoloni. O de Melhor Reprodutor Geral foi para o cavalo Hollywood Gotta Gun e de Melhor Reprodutora Geral foi para Cherry Bueno Star.

O cavaleiro Gabriel Cordeiro Martins foi premiado como Melhor Proprietário Geral e Melhor Principiante Aberta, enquanto Octávio Cipolla Lunardini ficou com o prêmio de Melhor Principiante Amador.

Na mesma noite, foi realizado o Hall da Fama. Nesta edição foram escolhidos para receberem a honraria como Personalidade do Ano os veteranos Gilson Vieira Diniz e  Lauro Ayrosa de Paula Assis Junior.

Já os Animais em Destaque foram Gunner Boy, que tem como proprietário Jefferson Butti Abbud; e Don’t Question It, cujos proprietários são Paulo César Rebeis Farha, Jair Faraone Zanaga, Sérgio Ricardo Pulzatto e Frederico Guilherme Rocha Bezerra.

Mais Notícias Veja o histórico completo de notícias da ANCR