ANCR-Associação Nacional do Cavalo de Rédeas
Critérios de Mobilidade no Ranking ANCR
Critérios de Mobilidade no Ranking ANCR

CRITÉRIOS DE MOBILIDADE NO RANKING ANCR

Foi estabelecido a partir do início do novo ano hípico 2014/2015 a formula abaixo para definição de níveis com revisão em outubro de 2018:

A mobilidade dos níveis será realizada ANUALMENTE.

CATEGORIA ABERTA

  • Nível 4: Fica estabelecido que o Nível 4 será composto pelos 10 (dez) cavaleiros com a maior somatória de ganhos avaliados nos 2 (dois) últimos anos hípicos.
  • Nível 3: Serão considerados Nível 3 todos os cavaleiros com somatória de ganhos abaixo dos 10 (dez) cavaleiros do Nível 4 e que tenham ganhos superiores a R$ 10.000,00 no ranking acumulado.
  • Nível 2: Serão considerados Nível 2 todos os cavaleiros que tenham ganhos inferiores a R$ 10.000,00 no ranking acumulado.

CATEGORIA AMADOR

  • Nível 4: Fica estabelecido que o Nível 4 será composto pelos 8 (oito) cavaleiros com a melhor somatória de ganhos avaliados nos 2 (dois) últimos anos hípicos.
  • Nível 3: Serão considerados Nível 3 todos os cavaleiros com somatória de ganhos abaixo dos 8 (oito) cavaleiros do Nível 4 e que tenham ganhos superiores a R$ 5.000,00 no ranking acumulado.
  • Nível 2: Serão considerados Nível 2 todos os cavaleiros que tenham ganhos inferiores a R$ 5.000,00 no ranking acumulado.

A mobilidade dos níveis 2,3 e 4 é realizada a cada 2 anos, ou seja, bianual.

CATEGORIA ABERTA E AMADOR N1

São elegíveis ao Nível 1 qualquer cavaleiro aberto ou amador que não tenha registrado pontuação no Ranking ANCR.

O cavaleiro poderá permanecer nesta categoria por 2 (dois) anos hípicos.

Os competidores que finalizarem o ano como Campeões e Reservado das provas da ANCR, Derby, Campeonato Nacional e Super Stakes, serão automaticamente promovidos para o Nível 2 em função da qualidade alcançada como competidor.

Cavaleiros com até 15 (quinze) anos completos poderão permanecer nesta categoria independente dos ganhos e títulos obtidos no N1, ou do tempo transcorrido desde o início da participação nas competições.

Em nenhuma hipótese um competidor do Nível 2 retornará ao Nível 1.

É permitido ao Nível 1 apresentar animal que não é de sua propriedade.

É permitido ao Nível 1 apresentar com duas mãos nas rédeas.

O competidor do Nível 1 poderá se inscrever em outros Níveis em todas as provas da ANCR (Super Stakes, Potro do Futuro e Derby), assim como nas provas dos Núcleos, sem perder a condição de Nível 1. Porém, deverá seguir as regras de elegibilidade e de competição dos outros Níveis.

CATEGORIA JOVEM

A categoria Jovem será subdividida em 3 (três), conforme a idade do cavaleiro. A categoria Jovem 10 destina-se a cavaleiros de 0 (zero) a 10 (dez) anos (inclusive). A categoria Jovem 13 destina-se a cavaleiros de até 13 (treze) anos completos. A categoria Jovem 15 destina-se a cavaleiros de até 15 (quinze) anos completos.

A data que vale para idade do jovem é a do início do ano hípico da competição (Setembro). Sendo assim, (i) podem participar da categoria Jovem 10 todos os competidores que nesta data estiverem com 10 (dez) anos ou menos, mesmo que na data do evento já estejam com 11 (onze) anos; (ii) podem participar da categoria Jovem 13 todos os competidores que nesta data estiverem com 13 (treze) anos ou menos, mesmo que na data do evento já estejam com 14 (quatorze) anos; e (iii) podem participar da categoria Jovem 15 todos os competidores que nesta data estiverem com 15 (quinze) anos ou menos, mesmo que na data do evento já estejam com 16 (dezesseis) anos.

É permitido ao cavaleiro de 0 (zero) a 10 (dez) anos (inclusive) participar da categoria Jovem 13 e 15. É permitido ao cavaleiro de 0 (zero) a 13 (treze) anos (inclusive) participar da categoria Jovem 15.

É permitido ao Jovem apresentar animal que não é de sua propriedade.

É permitido ao Jovem apresentar com duas mãos nas rédeas.

O competidor Jovem poderá se inscrever em outros Níveis em todas as provas da ANCR (Super Stakes, Potro do Futuro e Derby), assim como nas provas dos Núcleos, sem perder a condição de Nível 1. Porém, deverá seguir as regras de elegibilidade e de competição dos outros Níveis.