ANCR-Associação Nacional do Cavalo de Rédeas
Notícias

Hall da Fama e Melhores do Ano da ANCR trouxeram emoção ao final de semana da Rédeas

Pelo segundo ano consecutivo ANCR homenageia personalidades e animais que fazem a história da Rédeas no Brasil

 

Uma noite emocionante. Assim pode ser definida a última sexta-feira, dia 02 de novembro, para a família “redieira”. O motivo foi a bela homenagem prestada aos novos membros do Hall da Fama da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas – ANCR – e a entrega dos troféus para os Melhores do Ano da Temporada 2017/2018. A cerimônia fez parte da programação do Super Stakes, que reuniu, ainda, as disputas Snaflle Bit ou Hackmore, Copa Cardinal Ranch N1, III Copa Tripol Ranch – Whiz N Tag Chex Classic Open e Gunner Dun It Again Classic Non Pro.

As provas e a Festa aconteceram nas dependências do Recinto de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, na cidade de Avaré, interior de São Paulo. Nesta segunda edição, entraram para o Hall da Fama da entidade: Benedito Moreira, cavaleiro pioneiro da modalidade e Francisco Emilio Costa Moura, Presidente da ANCR, ambos como “PERSONALIDADES” e, ainda, Doc’s Safari e Jay Apollo Bars, como “ANIMAIS EM DESTAQUE.

A noite começou com Jefferson Abbud, Diretor da entidade, explicando aos presentes os critérios para a escolha dos indicados. Ele informou que a Diretoria da ANCR elegeu uma comissão Especial para a escolha dos indicados do Hall da Fama, formada por pessoas com conhecimento sobre a história da Rédeas no Brasil.

O Diretor também declarou estar satisfeito com os rumos da premiação. Lembrou que este é o segundo ano que a ANCR realiza, mas que já “estamos no mesmo caminho dos eventos da ABQM e NRHA”, ressaltando a diferença de tempo de premiação, obviamente.

Na sequência, foram apresentados os indicados para o Hall da Fama da entidade neste ano. Para tanto, a ANCR providenciou vídeo com a história de cada um deles. O primeiro vídeo foi sobre a História do lendário treinador Benedito Moreira, mais conhecido como “Seu Dito”.

Alexande Ramos, da XR Leilões, um dos grandes nomes da modalidade no Brasil e que no passado disputou os Jogos Equestres Mundiais, foi designado para receber a premiação, uma vez que a saúde de Benedito Moreira não permitiu que ele estivesse presente.

Ramos destacou a grande honra que era receber a homenagem em nome do “Seu Dito”, uma vez que ele havia sido o seu primeiro treinador. O cavaleiro citou que o homenageado era exemplo para as novas gerações.

Na sequência, um novo vídeo apresentou a história do Presidente da ANCR Francisco Moura. Ele revelou que estranhou quando pediu, várias vezes, os nomes dos indicados para a Comissão e, também por diversas vezes, respondiam que “iriam mandar um e-mail”. Somente quando recebeu a comunicação soube o motivo de tanto segredo: seu nome havia sido indicado. Francisco comentou que tentou demover os membros da ideia, mas que foi “voto vencido” e aceitou, então, a indicação.

Neste momento, a emoção tomou conta do Presidente e dos presentes. Ele contou que o início do seu envolvimento com os cavalos vinha de seus avós e fez questão de agradecer seus familiares presentes. Destacou que sem o apoio da família seria praticamente impossível trabalhar em prol da ANCR. Também elogiou a Diretoria cessante e desejou boa sorte aos que agora estão, em conjunto com ele, na direção dos destinos da entidade pelos próximos dois anos.

O presidente falou que entrar para o Hall da Fama era algo que ele jamais sonhou e que se sentia profundamente honrado e feliz com o ato. Ao final, o Presidente foi aplaudido de pé pelos presentes.

A sequência de homenagens do Hall da Fama continuou com o vídeo de apresentação do Garanhão Jay Apollo Bars. Cavalo que fez história no vitorioso plantel do Haras Dan, de João de Freitas Sampaio de Lacerda e de criação de Renato Eugênio de Rezende Barbosa.

João Lacerda foi o convidado para receber a honraria e resumiu da seguinte forma o acontecimento: “Tudo o que eu tinha a dizer sobre o cavalo vocês viram no vídeo (de apresentação para o Hall da Fama). O que quero acrescentar é que este animal realmente mudou o patamar do Haras Dan. Por sua vez tenho que lembrar e agradecer muito ao Deleu (Carlos Deleu, homenageado no ano passado). Foi ele quem realmente fez todo o trabalho em cima do Jay Apollo Bars”, elogiou Lacerda.

O quarto homenageado da noite foi o também garanhão Doc´s Safari, criação de Euclydes Aranha Netto e de propriedade de Hélio Dente Negrão. Mais uma vez, Alexandre Ramos recebeu a homenagem, uma vez que a família Negrão não pôde estar presente.

Ramos destacou que Doc´s Safari deixou um legado genético fantástico, sendo pai de 173 filhos, inclusive o Hall da Fama do ano passado (2017), Buccaneer HDN.

A Comissão responsável por indicador os nomes do Hall da Fama foi composta por Alexandre Lhamas Ramos, Gilson Diniz, Jefferson Butti Abbud, João Francisco F. Sampaio de Lacerda, Nelson Rodrigues, Paulo Koury Neto e Tomaz Nanci de Azevedo Marinho.

 

MELHORES DO ANO

Após o Hall da Fama a ANCR passou a premiar os “Melhores do ano da Temporada 2017/2018. Trata-se de um reconhecimento público aos cavaleiros, amazonas, criadores e animais que foram destaque na modalidade.

Nas Categoria Melhor Cavaleiro Aberta Gilson Vieira Diniz Filho foi o ganhador, ele também representou seu pai, Gilson Vieira Diniz, que foi o Melhor Proprietário Geral e não pôde estar presente. Já na categoria Melhor Cavaleiro Amador, quem recebeu o prêmio foi a amazona Joana Giudice Azevedo. Na Categoria Melhor Principiante Aberto quem ficou com o prêmio foi Lucas Rodrigues da Cunha Avelino, seguido por Gabriel Cordeiro Martins, com o prêmio na Categoria Melhor Principiante Amador. O criador Eugênio Fedrigo Filho foi o Melhor Criador Geral.

Entre os animais, na Categoria Melhor Animal Aberto, quem levou a melhor foi o Quarto de Milha Fiat Best Chex. Foi dele também o título de Cavalo do Ano. Na Categoria Melhor Animal Amador o prêmio ficou para o Quarto de Milha Real Starlight Gun. Já o prêmio Melhor Reprodutor Geral ficou para o Quarto de Milha Country Dun It, seguido por Hope Question, que faturou o prêmio de Melhor Reprodutora Geral.

 

CONHEÇA OS NOVOS INTEGRANTES DO HALL DA FAMA

 

BENEDITO ALVES MOREIRA (PERSONALIDADE)

Com 75 anos de idade, Benedito Alves Moreira, mais conhecido como Dito Moreira, nasceu em outubro de 1943, na cidade de Piratininga (SP), e tornou-se referência no treinamento de importantes exemplares da raça Quarto de Milha, acumulando muitos títulos em sua carreira.

O envolvimento com a raça começou aos 34 anos de idade, quando ainda era peão de comitiva e transportava boiadas na região de Assis e Echaporã, cidades do interior do estado de São Paulo. Nessas inúmeras viagens, passando pela Fazenda King Ranch, em Rancharia (SP), decidiu dedicar-se à profissão de domador. Benedito recorda que a afinidade com o Quarto de Milha foi instantânea e ficou fascinado pela musculatura, inteligência, docilidade, beleza, velocidade e pela força dos animais da raça.

A partir daí não parou mais, foi até a cidade de Bauru para trabalhar com o criador Marcos Ferraz e posteriormente no Haras 4 Irmãos, do Dr. Heraldo Pessoa, além da propriedade de Guilherme Ferraz. Ele lembra também com orgulho da época em que trabalhou no Haras 4 irmãos, entre 1968 e 1987, quando formou a maioria dos seus campeões. Entre os animais que faz parte de suas recordações está Cacareco Brasil, uma de suas primeiras “crias” e grande sensação em provas de Apartação e Rédeas.

Dito Moreira ainda trabalhou no Bauru Haras, hoje Haras Prata, do dr. Érico Braga, onde ficou até o final de sua carreira profissional. Foi lá, inclusive, que começou a ministrar cursos para alunos e estagiários vindos até do Nordeste, principalmente dos estados da Bahia e Pernambuco, além de treinar os filhos do dr. Heraldo Pessoa, Marcelo e Loly, referência hoje em Apartação.

Como treinador, trabalhou com importantes animais como Billy’s Gamay e formou outros importantes campeões de Rédeas, Laço, Apartação, Baliza, Tambor, Maneabilidade e Velocidade, como Hondo Rancheiro, Double Bull, Mister Bull, Old Hondo, Capri Bar, Miss Tonta, Shady Leo, Florentino EW, Bar Trouble, Gold Sonora, Segredo SKR, Bonito, entre outros.

Um dos momentos mais marcantes de sua história ocorreu durante o Campeonato Nacional e Potro do Futuro de 1991, em Bauru (SP), quando foi homenageado com o título de: “O cavaleiro mais antigo da ABQM”.

Com sua experiência de aproximadamente 40 anos trabalhando com o Quarto de Milha, Dito Moreira ensina que o pedigree do animal representa quase 90% na formação de um vencedor e que a perfeita integração homem-cavalo é fundamental para conseguir sucesso no trabalho.

Sobre treinamento, ele dá uma dica: “A pessoa tem que ter capacidade, gostar bastante do que faz e se dedicar. Porque só montar um cavalo bom e não treinar não adianta”.

Atualmente, Benedito Moreira é pecuarista, proprietário do Sítio do Barreiro, no Município de Piratininga (SP), criando gado leiteiro e cavalos Quarto de Milha.

 

FRANCISCO MOURA (PERSONALIDADE)

Francisco Moura começou sua trajetória na modalidade de Rédeas em 1999, no interior de Minas Gerais, com Dito Bala e seu primo Paulo Henrique, época em que comprou sua primeira Égua: Miss Breganlina.

Passou então a assistir às provas em Americana e através de um amigo de Bauru conheceu Franco Bertolani, o que fez sua paixão pela Rédeas e o desejo de montar aumentar.

Para tanto, escolheu o centro de treinamento do campeão Paulo Koury. O local se tornou sua nova casa e com o tempo, Chico e Koury tornaram-se grandes amigos e com ele foi aprendendo tudo sobre Rédeas. 

A paixão pela modalidade foi crescendo ainda mais, tanto que Chico montou um haras, contratou seu próprio treinador e criou muitos cavalos. Nessa caminhada, outros 2 outros treinadores, Eduardo Christians e Laercio Casalecchi, também se tornaram grandes amigos e juntos ganharam muitos títulos.

No ano de 2010, Chico foi convidado para ajudar a ANCR em uma campanha de patrocínio para divulgar mais a modalidade. Aproveitando sua experiência profissional, conseguiu a cada ano aumentar o número de patrocinadores, divulgando mais a modalidade e, com isso, novos adeptos foram se juntando à família redieira.

Até que em 2013, um grande sonhador, João Marcos de Arruda Pires, hoje embaixador da modalidade de Rédeas no mundo, juntou-se ao grupo da ANCR, o que ajudou a estreitar os laços entre a NRHA e a ANCR.

Em 2014, Chico assumiu a presidência da ANCR e juntamente com a equipe da entidade formada por Paulo Koury, João Francisco, João Marcos, Ricardo Heymann e Jefferson Abbud vêm realizando um trabalho ímpar na divulgação da modalidade.

Para ele, é muito fácil administrar a ANCR, graças às pessoas excelentes que têm ao seu lado, como as funcionárias Denise e Lia, os associados que são superengajados, a diretoria e os patrocinadores.

Em especial Francisco Moura sempre lembra e agradece a sua família, sua mãe, seu pai, a tia Ieda, Kizi e as crianças por apoiarem sempre e nunca cobrarem as ausências por trabalhar aos finais de semana.

 

JAY APOLLO BARS (ANIMAL EM DESTAQUE)

O Quarto de Milha JAY APOLLO BARS, filho de SANJAY e CACTUS SUE BARS, foi propriedade de João Francisco Freitas Sampaio de Lacerda e criação de Renato Eugênio de Rezende Barbosa. Nascido em 4 de outubro 1988, foi considerado um grande atleta e reprodutor, com excelente campanha e o total de 53 filhos, que somam 285.5 pontos pela ABQM.

Entre outros títulos importantes, Jay Apollo Bars foi Campeão Nacional ABQM de Rédeas e Campeão do Derby ANCR 1993.

Entre os filhos importantes para o cenário da Rédeas nacional estão a égua Dan Jolly Jay, Campeã Derby ANCR e Congresso ABQM Amador 2001, somando 44 pontos na ABQM e Captain Jay, Reservado Campeão Potro do Futuro ANCR 1995, com 39.5 pontos.

 

DOC´S SAFARI (ANIMAL EM DESTAQUE)

Doc´s Safari é filho de Doc’s Gamay e Eduarda Cody. Nascido em 5 de agosto de 1984, criação de Euclydes Aranha Netto, o garanhão Quarto de Milha de pelagem alazã é pai de 173 filhos, somando 604.5 pontos na ABQM como reprodutor. Ele foi adquirido por Hélio Dante Negrão quando ainda tinha apenas 2 anos, em um leilão realizado na cidade de Assis, interior de São Paulo.

Os filhos mais pontuados de Doc’s Safari são: Doc’s Paradise HDN, que possui 131 pontos, sendo 33 na Rédeas e  Buccaneer HDN, detentor de 126 pontos. Ele foi homenageado no Hall da Fama ANCR de 2017. Possui 36 títulos. Ganhou o Potro do Futuro, Derby e Super Stakes da ANCR e o Campeonato Nacional e Congresso ABQM.

Mais Notícias Veja o histórico completo de notícias da ANCR