ANCR-Associação Nacional do Cavalo de Rédeas
Notícias

4 anos de Revista Rédeas

Com 12 edições publicadas, a revista que foi considerada um marco na história da Rédeas brasileira e também no mundo do cavalo, continua progredindo, se adaptando ao meio tecnológico e divulgando a modalidade mundo afora

 

Por Arthur Machado

No primeiro semestre de 2015, durante o 25° Congresso Brasileiro da ABQM, realizado na cidade de Avaré no mês de abril, houve um acontecimento que pôde ser registrado como um marco para a modalidade de Rédeas no Brasil: o lançamento da Revista Rédeas.

Enquanto as disputas rolavam em pista, diversas caixas foram colocadas ao lado das arquibancadas. As caixas foram abertas e começou a distribuição para o público. Quando a recebiam, os espectadores ficavam surpresos. Em alguns casos, demorou para cair a ficha. Era uma revista grossa, com 150 páginas, o papel de capa brilhava.

Aquela revista totalmente diferenciada em relação as que existiam no mercado tinha um ponto marcante para a família redieira: aquela era uma publicação oficial da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas –ANCR. Seguindo os passos da NRHA (entidade Americana de Rédeas), a entidade brasileira agora também possuía sua publicação oficial, à altura da elegância e técnica da modalidade.

A surpresa do público no dia do lançamento da Revista Rédeas tinha um motivo: a publicação foi planejada durante um ano. Foram muitas conversas entre a Jequitibá Comunicação Estratégica (Editora da revista) e a ANCR. Tudo foi mantido em sigilo pelos Diretores da entidade para que ela pudesse ser uma surpresa positiva para os associados. Surgiu, então, em abril

de 2015, a Revista Rédeas, chancelada pela ANCR.

Na primeira edição, a capa estampou TT Simplythebest Dan (Reminic N Dunit x Tini Tilly) e o cavaleiro João Felipe Lacerda, que haviam sido campeões do Derby ANCR de 2015 na categoria AB Nível 4. No canto inferior direito, uma chamada para a reportagem exclusiva com o cantor sertanejo Sorocaba, amante da modalidade.

Passaram-se quatro anos e esta é a 12ª edição da Rédeas. De lá para cá a Revista foi vista pelo mundo todo. Alguns fazem questão de levar alguns exemplares para os Estados Unidos. Ela também foi vista nas principais bancas do país. Sobretudo, está presente em TODOS os eventos oficiais da ANCR, sendo distribuída livremente para o público.

Mas não para por aí. A Rédeas possui um perfil no Instagram – até o momento da publicação desta matéria o maior perfil da modalidade no aplicativo –, uma página no Facebook e seu próprio site (www.redeas.midiahorse.com.br).

 

A visão dos redieiros

“A revista é nosso veículo oficial, essa foi a ideia desde o começo. Não teria perdurado não fosse a qualidade dela. Então, a revista ficou porque a Jequitibá Comunicação se dedica, tem bom gosto e investe na qualidade gráfica: papel, impressão, sem dizer do cuidado com os detalhes. Pra mim, não tenho dúvida de que isso faz a diferença. Eu até fico com dó das outras revistas.

Em relação à parte editorial, as matérias têm um certo apego com o que acontece na modalidade, o que é natural, mas é claro que tem também inovação. Acho que esse é o caminho e todo mundo está muito satisfeito com a publicação.

Muito desse sucesso tem um motivo: a direção da Jequitibá Comunicação está aberta para debater a pauta. Essa abertura mostra que os dirigentes da empresa têm a mente aberta, e a quatro mãos o conteúdo só melhora. Mantendo essa parceria vamos longe. Além disso, nós, da ANCR, temos uma missão que é aumentar o número de sócios. Inclusive esse é um conceito que o brasileiro demora pra pegar. E quanto mais sócios melhor para a associação e obviamente também para a revista. Essa é uma parceria que a gente tem que continuar seguindo.”

Jefferson Abbud, Proprietário doHaras Sacramento e Diretor Vice-Presidente ANCR

 

 

“A revista Rédeas mostra a modalidade, a força do cavalo, da família no mercado da rédeas. Através da publicação, você consegue mostrar os eventos, as pessoas que participam e os patrocinadores, o que é importante, porque quem vem patrocinar também quer mostrar sua marca e seus os garanhões. Então, de certa forma, a publicação serve de marketing para todos os ranchos que têm investindo em propaganda na revista Rédeas.

Desde a primeira edição a revista mostrou ser uma publicação de ponta, apresentando uma qualidade de material que as outras revistas não têm. O conteúdo também é diferenciado: além de abordar assuntos pertinentes à modalidade de rédeas, ainda traz outros temas que agregam valor dentro da revista, como marcas, equipamentos, o que torna a revista bastante interessante, divertida de você estar lendo e participando.

Além de ser específica da modalidade e trazer tudo sobre o nosso esporte, é uma revista dedicada também a assuntos equinos com temas sobre medicina veterinária, matérias de manobras, então é interessante porque as outras revistas trazem só política, né (risos).

Outra coisa é que a revista abre espaço para todos e a gente gosta disso. Por exemplo, as esposas querem ver os filhos na revista, mas também querem ver matérias de moda. Isso você também encontra na revista, então, tem matéria que todo mundo gosta.

O pessoal que faz provas e ganha também tem espaço na revista, com matérias, fotos, e ainda os principais garanhões da modalidade também estão sendo promovidos dentro da revista. Todos esses fatores faz com que o pessoal fique muito motivado e está todo mundo empenhado para a revista continuar forte.”

André Tripoloni, proprietário do Tripol Ranch e Diretor Vice-Presidente ANCR

 

 

“Na minha opinião a revista é fundamental, por ser a única que fomenta nossa modalidade. Nesses quatro anos da publicação, vi muita evolução. A revista tem uma qualidade ímpar, e segue melhorando em seu conteúdo e matérias. Como associado da ANCR procuramos colaborar sempre com a mesma, já que é uma grande divulgadora da modalidade e de nossos animais.

Como mulher, acho interessantíssima essa ideia de inserir assuntos femininos, como decoração, moda, dicas, entre outros voltados para o universo feminino, diversificando ainda mais os temas abordados pela revista, mas sem perder o verdadeiro foco, que é a modalidade de Rédeas. Finalizando, só tenho a parabenizar a revista e toda a equipe pelo exímio trabalho.”

Fernanda Oliveira, associada da ANCR

 

“Para mim a Revista Rédeas fez total diferença para a modalidade, além de formalizar a questão dos resultados das provas, colocando todos a par do que está acontecendo. Acredito que estimula muito os investidores da modalidade, os nossos parceiros. Então, todos aqueles que de certa maneira estão tendo maior visibilidade na Rédeas e atingindo um público maior acabam se empolgando. Além disso, a Revista Rédeas possui uma excelente qualidade, e é muito prazeroso recebê-la. Através da publicação conseguimos conhecer um pouco mais sobre algumas pessoas, o que passa a ser muito interessante e, de certa forma, é até curioso, porque nós convivemos com tanta gente no meio [da Rédeas] e, às vezes, ficamos sabendo sobre sua história, de como ela chegou até ali, por meio de reportagens que são feitas na Revista.

Toda a equipe da revista, além de estar de parabéns, merece todo nosso apoio e agradecimento por tudo que faz pela modalidade. Ao longo desses quatro anos, de certa forma, assim como o esporte cresceu, a Revista Rédeas também. Além do quadro de reportagens, os dados que trouxeram de informações do passado, rankings etc. As pessoas foram criando certa identidade com a marca e a cada lançamento dá aquela vontade de ler as matérias. Acho que nesses quatro anos o crescimento foi nítido, não só da Revista, como do pessoal da produção, e a importância e influência que fizeram dentro da ANCR.”

Joana Azevedo, Presidente ARCR e Diretora Vice-Presidente ANCR

 

Mais Notícias Veja o histórico completo de notícias da ANCR