ANCR-Associação Nacional do Cavalo de Rédeas
Critérios de Mobilidade no Ranking ANCR
Critérios de Mobilidade no Ranking ANCR

CRITÉRIOS DE MOBILIDADE NO RANKING ANCR

Fica estabelecido a partir do início do novo ano hípico 2014/2015 a formula abaixo para definição de níveis:

CATEGORIA ABERTA

  • Nível 4: Fica estabelecido que o nível 4 será composto pelos 10 cavaleiros com a melhor média de ganhos avaliados nos dois últimos anos hípicos que antecedem o ano que se inicia.
  • Nível 3: Serão considerados nível 3 todos os cavaleiros com média abaixo dos 10 nível 4 e que tenham ganhos superiores a R$ 10.000,00 no ranking acumulado .
  • Nível 2: Serão considerados nível 2 todos os cavaleiros  que tenham ganhos inferiores a R$ 10.000,00 no ranking acumulado.

CATEGORIA AMADOR

  • Nível 4: Fica estabelecido que o nível 4 será composto pelos 8 cavaleiros com a melhor média de ganhos avaliados nos dois últimos anos hípicos que antecedem o ano que se inicia.
  • Nível 3: Serão considerados nível 3 todos os cavaleiros com média abaixo dos 8 nível 4 e que tenham ganhos superiores a R$ 5.000,00 no ranking acumulado.
  • Nível 2: Serão considerados nível 2 todos os cavaleiros que tenham ganhos inferiores a R$ 5.000,00 no ranking acumulado.

CATEGORIA ABERTA E AMADOR N1

O nível 1 é a categoria do principiante na modalidade. Todo e qualquer novo cavaleiro, não qualificado no ranking, poderá iniciar nesta categoria e subindo de níveis de acordo com sua evolução de treinamento dentro da modalidade.

O cavaleiro poderá permanecer nesta categoria por (2) anos hípicos. Cavaleiros (as) até completar 15 anos não seguem esta regra, podendo permanecer nesta categoria por mais de 2 anos.

Os competidores que finalizarem o ano como campeões e reservado campeão das provas da ANCR:  Derby, Campeonato Nacional e Super Stakes, serão automaticamente promovidos para ao Nível 2 (dois) em função da qualidade alcançado como competidor.

Também os competidores do nível 1 (um) que se consagrarem campeão em seus respectivos núcleos, serão promovidos ao nível 2 (dois) em função da qualidade de competidor alcançado durante o ano, ao início do novo ano hípico.

Em nenhuma hipótese um competidor do nível 2 (dois) retornará ao nível 1 (um).

A categoria principiante (N1) Aberta e Amador poderão se inscrever  em outros níveis sem perder a condição de N1 em todas as provas da ANCR ( Super Stakes , Potro do Futuro e Derby) , assim como nas provas dos núcleos. Ex.: Poderá inscrever no principiante e no Amador N2,3 e 4. Poderá ser utilizado o mesmo cavalo do principiante ou cavalo diferente. Sempre respeitando o bem estar dos animais.

Obs.: A diretoria da ANCR poderá alterar os critérios, sem aviso prévio, para melhorar a modalidade sempre que necessário.



Holambra 05/09/2014
Associação Nacional do Cavalo de Rédeas